Como ficará Ponta Grossa se Luciano Huck tornar-se cidadão honorário

Um dos assuntos mais polêmicos da semana gerou comentários de diversos ponta-grossenses nas redes sociais: um vereador quer dar cidadania honorária a Luciano Huck.

Segundo as informações do portal ARede, o vereador George Luiz de Oliveira apresentou um projeto de lei para conceder o título ao apresentador. A justificativa é de que Luciano Huck possui proximidade com o Grupo Madero, sendo que o mesmo é sócio da Madero desde 2017.

“Acho que é bom para a cidade homenagear alguém como ele e foi por essa razão que resolvi apresentar a proposta”, explicou o vereador, além de reforçar a atuação do apresentador como empreendedor na cidade.

Nos comentários da própria publicação da notícia, encontramos opiniões divergentes, desde “só pode estar de brincadeira” até “se ele arrumar meu carro no Lata Velha”.

Para entrar no clima, resolvemos imaginar como ficaria Ponta Grossa se Luciano Huck realmente receber o título de cidadão honorário adaptando os famosos quadros de seu programa à realidade ponta-grossense.

Quando você menos espera…

Aparece a moça do CHIP da TIM gritando atrás de você no calçadão. Baseado no quadro de encontros surpresa do Caldeirão, a experiência é semelhante a qualquer caminhada pelo calçadão de PG.

Uma outra versão que poderíamos realizar é com as celebridades de Ponta Grossa, que tal reunir os fãs com as pessoas mais famosas da cidade?

Amor a Bordo… do busão

Neste quadro, solteiros e solteiras passavam dias dentro de um iate se conhecendo com o objetivo de encontrar o par ideal.

Amor a Bordo do Busão

Aqui na cidade, nós temos o Amor a Bordo do Busão: onde as chances de você encontrar o amor da sua vida são grandes dependendo do tempo que você fica dividindo um espaço de pé com outros passageiros.

A ladra de corações na VCG provavelmente adoraria participar.

Namoro às Escuras no Campus da UEPG

No quadro Namoro às Escuras, em uma cabine montada no meio do palco, dois desconhecidos ficavam no escuro total, conversando e se conhecendo através do tato. Depois, na luz, eles deveriam adivinhar com qual pessoa ficaram.

Em Ponta Grossa, poderíamos reproduzir este quadro nas vias escuras da UEPG Campus, onde a iluminação precária já trouxe várias surpresas (ruins) aos acadêmicos e demais pessoas que circulam por lá todos os dias.

Guerra do Sono na Prefeitura

Os participantes do Guerra do Sono tinham que ficar 48 horas sem dormir e fazendo provas complicadas. A adaptação desta prova com certeza seria fácil, basta aplicar em dias em que as salas de atendimento da Prefeitura de PG lotam!

Soletrando

O icônico quadro da competição que parava o Brasil, a versão ponta-grossense do Soletrando pode ser um evento onde os estudantes das escolas municipais devem soletrar as gírias mais conhecidas e tradicionais da cidade.

Já pensou como seria? Soletrar DJANHO, TEU CU, LOKA VEIA, MIR DE BOM, ADE MESMO…

Aplicação numa frase: Carcule, piá! Ade mesmo.
Aplicação numa frase: Carcule, piá! Ade mesmo.

The Wall nas ruas de PG

Um dos quadros mais recentes do programa, onde os participantes contam com a sorte das bolas que caem de uma parede e somam ou diminuem pontos, com certeza teria uma adaptação engraçada.

Que tal um The Wall nas ruas mais íngremes de Ponta Grossa? Basta o participante acertar uma pergunta sobre a Xicória ou a Xuxa do Calçadão e torcer pras bolas caírem nos pontos altos!

Quem quer ser um Milionário… virando Uber

Aparentemente uma das maneiras mais interessantes de enriquecer é se tornando motorista de Uber na cidade. Já pensou? O Luciano Huck dá o carro e a produção ajuda na gasolina!

Uber em Ponta Grossa: situações, eventos e lugares pra usar o aplicativo

Lata Velha: estrelando Duda Gaúcha

Falando de carros, que tal uma versão do Lata Velha com a reforma do carro rosa da nossa querida amiga Duda Gaúcha?

Com certeza você conhece algum amigo que vai curtir a ideia do Lata Velha PG.

Duda Gaúcha e seu famoso carro rosa

Saltibum

Convocando todos os doidos que se arriscam nos mergulhos: o que acham de um Saltibum nas cachoeiras da cidade?

Já avisando que o quadro não deu muito certo no Caldeirão e teve que ser cancelado, mas vai que uma versão mais leve dê certo por aqui?

Agora ou Nunca nas rotatórias

Olha só que ideia genial, para você ganhar o prêmio desejado, vai ter que conseguir completar uma volta em algumas das rotatórias mais congestionadas da cidade.

Agora ou Nunca em PG

Quais vocês sugerem?

Lar doce lar, só que bem longe

E se o Luciano Huck quiser criar uma versão do Lar Doce Lar com o Minha Casa minha vida em PG?

O problema é que só seria possível nos conjuntos habitacionais super longe do centro da cidade. Sabemos que para quem realmente precisa, isso não é problema.


Agradecimento especial aos meus amigos colunistas que ajudaram a abrilhantar o post com as ideias!

Gostou do post? Compartilhe nas suas redes sociais e marque nos comentários o seu amigo que precisa rir disso com você.

Tem alguma sugestão? Deixa nos comentários o nome de algum programa do Luciano Huck que poderíamos adaptar em Ponta Grossa.

Comentários

Comentários

Robson Netto

Robson é o criador do Blog Feicebuque. Nascido em Ponta Grossa, a verdadeira capital da Rússia Brasileira. Enquanto não for processado, vai tentar trazer muito conteúdo e informações cheias de humor.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *