8 acontecimentos de Ponta Grossa que se tornaram notícia no Brasil

Que Ponta Grossa é um lugar diferenciado onde acontecem as coisas mais loucas do Brasil, todo mundo já sabe.

Mas essa cidade já foi palco de acontecimento tão maluco, que acabou virando notícia em veículos de circulação nacional. Tá achando que não é para tanto? Então dá só uma olhada:

1. Quando alguém ganhou R$ 23 milhões na Mega-Sena e não retirou o prêmio

1. Quando alguém ganhou R$ 23 milhões na Mega-Sena e não retirou o prêmio

Abrindo a lista de acontecimentos sem qualquer sentido que aconteceram em Ponta Grossa. Em 2013, alguém foi contemplado com o prêmio de R$ 22,9 milhões no concurso 1.510 da Mega Sena, mas nunca apareceu para retirar o prêmio.

Neste tipo de sorteio, o ganhador tem o prazo de 90 dias para retirar o valor ganho, caso contrário, o dinheiro acaba sendo destinado ao Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (Fies).

O ganhador misterioso levou o prêmio sozinho, sendo um dos primeiros registros da Caixa Econômica em que um valor tão alto deixou de ser retirado. O caso curioso virou notícia com reportagens nas revistas Veja e Exame.

Notícias: Veja e Exame.

2. Quando um apresentador de programa policial foi preso por tráfico de drogas

Quando um apresentador de programa policial foi preso por tráfico de drogas

Quem acompanha programas policiais em PG provavelmente lembra do nome ‘Gordo da Madrugada’. O apresentador do programa Pegando Pesado, Marcelo Ciunek, foi preso em 2010 sob suspeita de tráfico de drogas. Noticiando crimes diariamente, Gordo da Madrugada vinha sendo investigado pela polícia e acabou sendo preso assim que a polícia obteve o mandado de busca e apreensão.

Na casa do apresentador a polícia encontrou cerca de um quilo de cocaína escondida em um aparelho de videocassete, além de mais droga escondida na cabeceira da cama. O material já estava embalado para ser vendido.

Além das drogas, a polícia também encontrou celulares, dinheiro, uma lancha e um veículo, que a polícia suspeitava terem sido adquiridos com o dinheiro da venda das drogas.

A prisão do ‘Gordo da Madrugada’ repercutiu em Ponta Grossa e região, mas também foi notícia na edição online do jornal O Globo.

Notícias: O Globo e Gazeta do Povo.

3. Quando um detento tentou fugir do monitoramento de um jeito inusitado

Cavalo com tornozeleira eletrônica em Ponta Grossa

Já foi notícia aqui no Feicebuque a história do cavalo encontrado com uma tornozeleira eletrônica. Mas o que não se imaginava é que esse acontecimento tão inusitado acabou sendo notícia também na Folha de São Paulo Online.

O flagra aconteceu em dezembro do ano passado, quando moradores do Jardim Ibirapuera identificaram o objeto de monitoramento no animal.

No mesmo dia em que a notícia repercutiu, as autoridades de segurança pública estiveram no bairro para tirar o equipamento do cavalo. Esse caso não é a primeira vez que detentos buscam formas alternativas de burlar o monitoramento, mas com certeza a estratégia de colocar a tornozeleira no cavalo é novidade.

A tornozeleira eletrônica começou a ser usada com mais intensidade em 2015, como uma forma de reduzir a lotação nas penitenciárias. A tecnologia inclui um GPS e qualquer violação gera um alarme. Mas o que aconteceu então?
Bom, a Secretária de Segurança Pública e Administração Penitenciária do Paraná informou que esta tornozeleira estava desativada desde fevereiro de 2017, por isso nenhum alarme disparou. O detento acabou perdendo o benefício.

Notícia: Folha Uol.

4. Quando a ‘Viúva Negra’ escolheu PG como esconderijo

Viúva Negra de Ponta Grossa

Conhecida como Viúva Negra, Lúcia de Fátima Dutra Weisz estava foragida há 21 anos, depois de ter sido condenada pelo homicídio do marido. Ela foi descoberta no bairro Nova Rússia, após uma operação conjunta entre as polícias Civil de São Paulo e Ponta Grossa.

A Viúva Negra estava foragida desde 1995, depois de ter sido resgatada de uma cadeia pública no interior de São Paulo. O crime pelo qual ela foi condenada aconteceu em março de 1995, na cidade de Americana, interior de São Paulo. Ela foi condenada por ter encomendado a morte do marido. O homicídio foi executado pela empregada doméstica Valdelaine Pereira.

Depois disso, Lúcia foi apelidada como Viúva Negra, tendo sido classificada pela polícia como possivelmente a mulher que ficou mais tempo foragida no Brasil, incluída até mesmo na lista de procurados pela Interpol.

A repercussão desse caso também foi grande, garantindo destaque até mesmo com uma reportagem especial na revista eletrônica Fantástico.

Notícias: R7 Ric Mais e Globo Play 

5. Quando uma pizzaria achou engraçado criar um drink ‘abridor de pernas’

Drink Abridor de Pernas em Ponta Grossa

Nem só de notícias inusitadas é feita esta postagem. Há pouco mais de um ano, uma pizzaria teve a ideia genial de criar um drink novo, intitulado ‘abridor de pernas’.

Em uma postagem no Facebook, a empresa oferecia 30% de desconto para as mulheres em todas as bebidas, mas o drink novo teria sido desenvolvido “para mulheres e faz com que elas se sintam mais relaxadas, com aquela sensação de moleza nas pernas”.

A repercussão nas redes sociais não poderia ter sido pior. Para completar, a pizzaria lidou com a situação da pior maneira possível. A postagem foi apagada e substituída por outra publicação, que recriminava os críticos da nova bebida. Os administradores da página ainda desativaram a ferramenta que permite a avaliação das empresas, além de excluir os comentários de quem criticava a ideia.

A situação teve bastante repercussão nas redes sociais, mas também foi destaque em publicação da Revista Fórum.

Notícias: Revista Fórum e Globo 

6. Quando um vereador achou que tava tudo bem ameaçar prender alguém

Vereador ameaça prender Pabllo Vittar

Se teve muita gente que vibrou com a confirmação da participação da cantora Pabllo Vittar na grade de shows da 28ª Munchenfest, os conservadores de plantão da cidade não ficaram nenhum pouco satisfeitos.

Durante pronunciamento em sessão na Câmara de Vereadores, o vereador evangélico Pastor Ezequiel (PRB) lamentou que a cidade fosse receber “esse tipo de show”, defendendo que Ponta Grossa seria uma cidade “família, uma cidade conservadora”.

Mas, foi pior que isso. Tomando como base uma fake news sobre uma turnê da cantora e o deputado federal Jean Willys (PSOL), que iria pelas escolas do Brasil ensinando as crianças sobre diversidade sexual, o pastor ainda ameaçou prender a cantora.

“Quem quiser ir assistir, pode ir. Agora, se inventarem de sair pra rua e ir nas escolas, eu vou prender. Vou prender, nem que depois eu seja preso por abuso de autoridade. Não vamos deixar isso acontecer, não vamos deixar uma pessoa dessa ir na escola e ensinar sobre diversidade sexual para as crianças”, afirmou o pastor durante a sessão na Câmara.

O caso repercutiu bastante na cidade, conquistando tanto a adesão quanto a indignação da população ponta-grosensse, mas também virou notícia em veículos como Folha de São Paulo, Revista Veja e Revista Istoé.

Notícias: Folha de São Paulo, Veja / Veja e Isto É.

7. Quando uma vereadora inventou ter sido sequestrada e reapareceu no hospital

Vereadora forja sequestro em Ponta Grossa

Quem não se lembra de um dos acontecimentos mais surreais de Ponta Grossa? Tudo começou em janeiro de 2013, quando logo após a solenidade de posse do novo prefeito e vereadores, a vereadora Professora Ana Maria (PT) desapareceu. Ana Maria tinha sido eleita para seu terceiro mandato e não foi mais vista após às 18 horas do dia da posse.

Familiares e assessores noticiaram o desaparecimento, informando que o motorista responsável por levar a vereadora até outro compromisso relatou ter sido abordado por bandidos, que teriam levado a vereadora. Durante o período de desaparecimento, Ana Maria chegou a entrar em contato com o filho, relatando ter sido sequestrada.

Seria um grave caso de polícia, um crime de motivação política, se no fim das contas o grupo antissequestro da Polícia Civil não tivesse descoberto que não houve sequestro algum. Ana Maria reapareceu dias depois na Santa Casa de Ponta Grossa e foi presa em flagrante, acusada de forjar o próprio sequestro. O episódio representou o fim de sua trajetória política.

Esse caso maluco teve bastante repercussão em Ponta Grossa e região, mas também na capital do estado, na Folha Online e também no Jornal Nacional.

Notícias: Veja e Globo.

8. Quando um banheiro foi construído da maneira mais indiscreta possível

Banheiro Transparente em Ponta Grossa

Quando o assunto é acontecimentos de PG que viraram notícia no Brasil, este é campeão. Após a inauguração do Conservatório Maestro Paulino Martins Alves, em 2013, um aspecto da obra se revelou bastante indiscreto: a existência de três banheiros transparentes, com estruturas em vidro azul.

No térreo, um dos banheiros tinha o vaso sanitário completamente visível aos passantes da área externa. O prédio foi inaugurado, mas sem previsão para início de uso. Foi a própria população que notou o detalhe e repercutiu o banheiro transparente nas redes sociais.

Banheiro Transparente em prédio de Ponta Grossa
Privacidade em último lugar

A novidade arquitetônica de PG repercutiu na capital do estado, com reportagem na Gazeta do Povo, mas também em âmbito nacional, com publicações no portal R7 e na Folha Online. Mas, o mais surpreendente nesse foi a repercussão internacional. O banheiro transparente também virou notícia no tradicional jornal britânico, Daily Mail. Foi o banheiro transparente que colocou PG no cenário internacional.

As autoridades informaram na época que apesar de inaugurada, a obra do prédio ainda não estava concluída. Outras falhas identificadas no prédio foram corrigidas para os alunos do Conservatório pudessem finalmente usar o novo espaço.

Notícias: R7, Gazeta do Povo, Folha de São Paulo e Daily Mail.

Leia também

Motivos para Ponta Grossa ser a cidade mais louca do Brasil


Compartilhe nas suas redes sociais e marque o seu amigo nos comentários que precisa saber que Ponta Grossa sempre tem as melhores e mais inusitadas notícias nacionais.

Comentários

Comentários

Mariana Galvão Noronha

Mestre em jornalismo, especialista em produção e revisão de conteúdo e trabalha na equipe de comunicação da Prefs de PG.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *